Posts filed under ‘Sem categoria’

Piscinas que funcionam à noite ganham projeção de luzes em Nagasaki e Osaka

Apenas visitantes com mais de 18 anos de idade podem ter acesso ao locais

piscina

O parque temático Huis Ten Bosch, em Sasebo (Nagasaki), inaugurou um show de projeção gráfica nas piscinas, entre as atrações deste verão.

O show noturno “Otona no Kakure Ie – Hikari no Night Pool” (Esconderijo de Adultos – Piscina Noturna de Luzes) será realizado até o dia 11 de setembro e está incluído no passaporte do parque, que custa ¥4.200 para adultos.

Como diz o nome do evento, apenas os visitantes com mais de 18 anos de idade podem ter acesso às piscinas, localizadas na área “Reino da Água”.

Quando o sol se põe, cerca de 45 mil bolas de tênis de mesa são colocadas para flutuar na água, onde são projetadas as imagens do show. Os participantes podem, inclusive, nadar nas piscinas.

Piscina noturna em Osaka
O mesmo evento pode ser desfrutado também em Osaka, no parque aquático montado próximo ao Castelo de Osaka. Batizado de “Osaka-jo Water Park by Huis Ten Bosch”, a piscina noturna estará aberta até 31 de agosto.

A piscina noturna em Osaka começa a funcionar a partir das 19h. O show de projeção gráfica é feita sobre 50 mil bolas de tênis de mesa, ao som de DJs.

Depois das 21h, o ritmo dançante dá vez a um ritmo mais romântico, com um cenário mais suave. O passaporte custa ¥1.800 para adultos (sábados e domingos) e ¥1.600 (durante a semana).
Fonte: Alternativa

Anúncios

4 de Agosto de 2016 at 18:20 Deixe um comentário

Pacote de turismo para Tailândia

 

Tailândia – 06 dias

Saídas: Diárias.
Roteiro: Bangkok, Ayuthaya, Lopburi, Pitsanuloke, Sukhothai, Sri Satchanalai, Uttaradit, Lampang, Chiang Mai e Bangkok.

1º Dia – … / Bangkok
Chegada ao aeroporto de Bangkok, recepção e traslado ao Hotel Amari Watergate. Bangkok, capital da Tailândia, é uma cidade com valiosa herança cultural. Apesar de não ser mais frequentemente descrita como a “Veneza do Oriente”, os canais provenientes do Rio Chao Phraya ainda respiram vida pela cidade.

2º Dia – Bangkok / Ayuthaya / Lopburi / Pitsanuloke
De manhã, partida do hotel com destino a Ayuthaya, antiga capital da Tailândia, para visitar as gigantes estátuas de bronze de Wat Mongkol Borpitr, e aos antigos pagodes Wat Phra Sri Sanpetch e Wat Pranangcherng.  Prosseguimento via Saraburi, para visitar Phra Buddah Badh com seu santuário que contém a pegada sagrada de Buda. Em Lopburi, almoço em restaurante local, e visita a Prang Sam Yod com seus três pagodes em espiral, às ruínas de Wat Phra Sri Ratana Maha Dhat e ao Templo do Macaco. Após passeio, traslado a Pitsanuloke. Jantar e acomodação no Hotel Topland.

3º Dia – Pitsanuloke / Sukhothai / Sri Satchanalai / Uttaradit
De manhã, visita ao principal santuário de Pitsanuloke: o Wat Maha Dhat, para conhecer a venerada estátua de Buda, o Phra Buda Jinaraj. Partida para Sukhothai, para visita às famosas ruínas desta cidade que foi a primeira capital da Tailândia (1257-1379), visita a Wat Sra Sri a Wat Sri Chum. Almoço em restaurante local. Prosseguimento para a antiga cidade Sri Satchanalai, localizada próxima  ao Rio Yom, para visita aos templos Wat Chang Lom, Wat Jedi Jet Thaew, Wat Nang Phya e a Wat Phra Sri Ratana Maha Dhat que fica no local do Forte Khmer, chamado Chalieng. Traslado a cidade de Uttaradit. Jantar e acomodação no Hotel Friday.

4º Dia – Uttaradit / Lampang / Chiang Mai
Visita a Wat Phra Dhat Thung Yang, um templo em estilo Laociano, a Wat Phra Taen Sila Art e a Wat Thamma Thippa Trai, famoso por suas paredes coloridas e portas ornamentadas. Partida para a cidade de Lampang, e visita a Wat Phra Keo Don Tao, com uma belíssima fusão da arquitetura da Birmânia e de Lanna, a Wat Chedi Sao com seus vários pequenos pagodes. Almoço em restaurante local. Prosseguimento a Ko Kah para apreciar o elegante templo Wat Phra Dhat Lampang Luang, que abriga o Buda de Esmeralda. Chegada em Chiang Mai, uma cidade de mais de 700 anos de história, a cerca de 740 km ao norte de Bangkok e situada entre as montanhas mais altas do país. À noite, jantar típico tailandês “Kantoke” com apresentação de danças antigas e músicas de várias tribos das montanhas. Acomodação no Hotel Imperial Mae Ping.

5º Dia – Chiang Mai / Bangkok
Pela manhã, partida do hotel para visitar um dos templos mais conhecidos de Chiang Mai – o Wat Doi Suthep – localizado no topo de uma montanha a 1056 metros de altitude, com 290 degraus, e foi construído pelo Rei Gue-Na em 1383. No centro, existe um grande “chedi” (pagode em forma de espiral) contendo relíquias de Buda. Visita ao Campo de elefantes que trabalham no transporte de madeiras na floresta, e possuem
grande força e inteligente trabalho em equipe. Visita a uma Fazenda de Orquídeas e almoço em restaurante local. À tarde, visita a uma famosa fábrica de produtos em madeira, para apreciar antiguidades em estilo birmanês. Traslado à estação de Chiang Mai para embarque no trem com destino a Bangkok. Acomodação a bordo. Jantar incluso tipo “dinner box”.

6º Dia – Bangkok / …
Chegada à estação de Bangkok, recepção e traslado ao aeroporto (ou hotel). Fim dos serviços.

Parte Terrestre – Preços por pessoa:  
                       
– Mínimo de 6 a 14 participantes:
Em acomodação dupla ……………………………. US$    800.00

– Mínimo de 3 a 5 participantes:
Em acomodação dupla ……………………………. US$    920.00

– Mínimo de 2 participantes:
Em acomodação dupla ……………………………. US$ 1,260.00

Suplemento single ………………………………….. US$    170.00

Observações:
– Válido até 31 de outubro de 2011.

Inclusos no programa:

– Hospedagem nos hotéis mencionados ou similares.

– Trem de Chiang Mai para Bangkok, vagão leito com arcondicionado em classe econômica.

– Pensão completa, começando com o café da manhã do 2º dia e terminando com o jantar do 5º dia.

– Serviços com guia local falando espanhol.

– Traslados e passeios privados, conforme o programa.

Exclusos do programa:

– Parte aérea. 

-  Despesas com documentações.

– Quaisquer despesas extras, não indicadas no programa.

Informações e reservas:
Shigoto.com Agência de Turismo
Largo Sete de Setembro, 52 sl 1102 e 1103
Liberdade – São Paulo/SP CEP: 01501-050
Tel 11 3101-8193 – Skype: shigoto.com
E-mail shigoto@shigoto.com.br / MSN shigoto.com@live.com
Site www.shigoto.com.br

13 de Março de 2011 at 15:32 Deixe um comentário

A partir de janeiro, visitantes deverão pagar taxa turística para permanecer em Roma

A partir de janeiro de 2011, todos aqueles que programarem uma estadia na capital italiana deverão pagar uma taxa de permanência.
Apesar das polêmicas envolvendo a decisão romana, o prefeito da cidade eterna, Gianni Alemanno, anunciou que o valor cobrado aos visitantes servirá para melhorar a qualidade dos serviços urbanos e infra-estrutura colocados à disposição dos turistas.
A hipótese de introduzir a chamada “tassa di soggiorno” foi cogitada e adiada diversas vezes pela prefeitura romana, mas a verdade é que recente crise econômica européia e a necessidade de aumentar própria fonte de receitas estimularam a administração local a adotar definitivamente a taxa.Heloísa Dall'Antonia/UOL

Em média, a cidade eterna recebe anualmente cerca de 15 milhões de turistas e, segundo o prefeito Alemanno, “é justo que os visitantes contribuam com a manutenção da cidade, já que uma parte do balanço da prefeitura é destinado a despesas como limpeza, transportes e administração de sítios arqueológicos”.
Na prática, com exceção de crianças menores de dois anos de idade, cada pessoa que hospedar-se na capital italiana, por motivos de trabalho ou turismo, será obrigada a pagar uma taxa diária, por um máximo de dez pernoites.
O valor a ser pago, no entanto, será diferenciado de acordo com a categoria hoteleira escolhida pelos visitantes da cidade. Quem hospedar-se em um hotel de quatro ou cinco estrelas, pagará três euros por dia, enquanto os hóspedes de estruturas classificadas como bed & breakfast ou hotéis de 3, 2 ou 1 estrela, pagarão, por sua vez, uma taxa de dois euros por pernoite.
A mesma taxa de 2 euros também será aplicada aos hóspedes que preferirem uma estrutura como um camping, uma casa de aluguel ou um agriturismo, enquanto que os hóspedes de albergues estarão isentos da cobrança.
O valor será cobrado no momento do check-in ou check out e também será aplicado aos turistas que reservaram uma acomodação até 31 de dezembro de 2010, mas hospedarem-se na cidade a partir de 1° de janeiro de 2011.
Outras cidades européias já adotaram uma fórmula parecida e, segundo algumas estimativas, com a “tassa di soggiorno” a prefeitura de Roma deverá arrecadar, a cada ano, pelo menos 30 milhões de euros.
A ministra italiana do turismo, Michela Vittoria Brambilla, declarou-se contrária à taxa romana, lembrando que “em 2009, o setor hoteleiro só conseguiu superar os efeitos da crise porque reduziu em cerca de 8,8% o preço médio das acomodações da capital”.
Ainda em âmbito político, a presidente da associação de categoria Confindustria Alberghi, Maria Colaiacovo, comentou que a notícia sobre a taxa de permanência é alarmante, já que em um momento de crise o setor mais atingido é exatamente aquele do turismo. “Trata-se de uma iniciativa míope que não estimula a competitividade de um mercado que gera empregos e que já contribui com as entradas da prefeitura”, observa.
Fonte: UOL Viagem

23 de Dezembro de 2010 at 12:32 Deixe um comentário


Largo Sete de Setembro, 52
sala 1102 - Liberdade
São Paulo / SP 01501-050
Tel.: 11 3101-8193
atendimento@shigoto.com.br

Siga-me no Twitter

Setembro 2017
D S T Q Q S S
« Ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930